Arte Indígena em Foco na Funarte MG

Terra Fértil - Foto: Andressa Coutinho

Abertas as inscrições gratuitas para o 3º Ciclo de Palestras do Projeto Arte em Foco 2012

A IV edição do Projeto Cultural Arte em Foco, que teve início em julho, segue com a programação até novembroEm setembroArte Indígena é o tema focado. E as inscrições, que são gratuitas, estão abertas. Os interessados devem enviar nome completo, breve currículo e telefone de contato para arteemfoco.funarte@gmail.com.

De 24 a 26 de setembro, das 19h às 22h, a professora Regina Polo Müller (Unicamp) fala sobre ‘As artes indígenas e a arte contemporânea’. As artes indígenas e a antropologia da arte no Brasil; aproximações entre linguagens e conceitos na produção da arte contemporânea e nas artes indígenas; a questão da definição de arte e critérios para se definir objetos e demais manifestações expressivas como arte no âmbito das culturas indígenas; analogias com as manifestações da arte conceitual e da arte da performance; os conceitos de imagem, réplica e representação no estudo das artes indígenas serão alguns dos temas tratados. Durante esses dias, a bailarina-pesquisadora-intérprete Elisa Costa apresenta a performance Terra fértil: o corpo nascido da experiência Xavante’. E, no dia 27 de setembro, ela conversa com o público sobre o seu trabalho.

O projeto

Arte em Foco é um ciclo de reflexões sobre as artes, realizado pela representação da Funarte em Minas Gerais desde 2009. Em sua 4ª edição, o projeto traz uma novidade: um dia a mais de curso. É o Artista em Foco.

Contando sempre com intervenções artísticas, o projeto abre mais espaço para o artista convidado, que terá um dia para falar do seu trabalho, propondo uma conversa sobre sua trajetória e sua poética.

Atendendo às sugestões de temas feitas pelos participantes do Arte em Foco, as reflexões serão sobre Fotografia, Arte e Filosofia, Arte Indígena, Histórias em Quadrinhos, Música na Educação Básica. E, para encaminhar os cursos foram convidados importantes professores e pesquisadores de diferentes universidades do país, o que já se tornou um diferencial do projeto.

Serviço

As artes indígenas e a arte contemporânea

Prof. Regina Polo Müller (Unicamp)

As artes indígenas e a antropologia da arte no Brasil. Aproximações entre linguagens e conceitos na produção da arte contemporânea e nas artes indígenas. A questão da definição de arte e critérios para se definir objetos e demais manifestações expressivas como arte no âmbito das culturas indígenas. Analogias com as manifestações da arte conceitual e da arte da performance. Os conceitos de imagem, réplica e representação no estudo das artes indígenas.

Regina Aparecida Polo Müller é doutora em antropologia pela USP, com pós-doutorado pelo departamento de Performance Studies da Universidade de Nova York e livre-docente em antropologia da dança, pela Unicamp. Coordenadora associada do Napedra – Núcleo de Antropologia, Performance e Drama da USP/Unicamp. É autora do livro Os Asuriní do Xingu: história e arte; co-organizadora do livro Performance, arte e antropologia; e de vários capítulos de livros e artigos sobre xamanismo, ritual indígena e performance artística.

Intervenção
Terra fértil: o corpo nascido da experiência Xavante
Bailarina-pesquisadora-intérprete: Elisa Costa
Direção: Graziela Rodrigues

performance é resultado de extensas pesquisas de campo e laboratórios corporais, realizados por Elisa Costa, a partir do método BPI (Bailarino-Pesquisador-Intérprete), sob a direção de Graziela Rodrigues. As pesquisas de campo se deram em terras indígenas de Sangradouro e de Pimentel Barbosa, no cerrado mato-grossense. No corpo a corpo com as mulheres Xavante, houve troca e coautoria. Elas puderam participar diretamente da elaboração cênica e da construção corporal da intérprete, a partir de uma experiência repleta de força de vida, superação, fertilidade, afeto e resistência.

Artista em Foco:
Elisa Costa
27 de setembro, das 19h às 22h

Elisa Costa é graduada em dança (2003-2008), pela Unicamp, onde cursa mestrado em Artes da Cena, com Bolsa FAPESP. Possui formação em ballet clássico (1993-2002). Realizou pesquisas de campo para processos criativos com as manifestações do candomblé, umbanda, e também junto aos índios Xavante (Terras Indígenas de Sangradouro e Pimentel Barbosa – MT).

Inscrições Gratuitas
Nome completo, breve currículo, telefone para contato
arteemfoco.funarte@gmail.com
Vagas Limitadas

Funarte MG
Rua Januária, 68. Floresta. BH/MG
Informações: (31) 3213.7112

24 a 27/09

Arte e Pensamento
As artes indígenas e a arte contemporânea
Prof. Regina Polo Müller (Unicamp)
Intervenção: 
Terra fértil: o corpo nascido da experiência Xavante
Bailarina-pesquisadora-intérprete: Elisa Costa
Direção: Graziela Rodrigues

27/09
Artista em Foco

Programação outubro e novembro

29/10 a 01/11

História em Quadrinhos no Brasil
As histórias em quadrinhos no limiar de novos tempos: desafios e alternativas para sua legitimação artística
Prof. Waldomiro Vergueiro (USP)
Intervenção: Minha vida nos quadrinhos
Quadrinista: João Marcos Parreiras Mendonça

01/11
Artista em Foco

26 a 29/11
Música nas Escolas
Fundamentos e práticas para a educação musical escolar
Prof. Sérgio Luiz Ferreira de Figueiredo (UDESC)
Intervenção: Música, palavra e pensamento: a canção como forma em processo
Músico: Luiz Gabriel Lopes

29/11
Artista em Foco

http://www.funarte.gov.br/artes-integradas/arte-indigena-em-foco-na-funarte-mg-2/

Deixe um comentário

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.