Seminário debate relação entre grandes obras e migrações

A atividade ocorrerá na sexta-feira, 13, no Instituto São Paulo de Estudos Superiores (Itesp)

O Serviço Pastoral dos Migrantes realizará em São Paulo, nesta sexta-feira (13), o seminário “Grandes obras e migrações”. A atividade ocorrerá das 8h30min às 18h no
Instituto São Paulo de Estudos Superiores (Itesp), na Rua Dr Mário Vicente, 1108, no Ipiranga.

O seminário abordará a temática dos deslocamentos populacionais provocados por grandes obras de desenvolvimento – como barragens, usinas hidrelétricas e portos – sob o ponto de vista de pesquisadores, movimentos sociais, pastorais da Igreja e do governo. Entre os pontos que serão discutidos estão os grandes empreendimentos na região amazônica, a transposição do rio São Francisco e as lutas das populações atingidas.

O seminário tem apoio do Itesp, Cetesp, CSEM e CEM. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 2914-6036 ou pelo correio eletrônico secretaria.acadê[email protected] Veja, a seguir, a programação do evento:


Programação

8h30min – Acolhida Pe. José Luiz Cazarotto

Abertura – Dom Demétrio Valentini – presidente SPM

Intervalo

Grande Obras na Amazônia
– Dom Antonio Possamai (bispo emérito Ji-Paraná RO)

Transposição do Rio São Francisco
– Dom Luiz Cappio (bispo de Barras BA)

Grandes Obras no Brasil
– Dra. Ana Lucia Dolabella (Diretora do Departamento de Licenciamento e Avaliação Ambiental – Ministério do Meio Ambiente)

Debate
Mediador – Dieter Heidemann (USP)

14h

Viabilidade e impactos das grandes obras no Brasil
– Carlos Bernardo Vainer (UFRJ)

Impactos sociais das grandes obras
– Osvaldo Sevá (Unicamp)

Consequências Sociais das grandes obras e lutas das populações atingidas
– Luiz Dalla Costa (MAB)

Intervalo

Debate
Mediadora – Marilda Menezes (UFCG-PB)

http://www.brasildefato.com.br/node/6261

Deixe um comentário

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.