Menino indígena de 2 anos é morto em frente a rodoviária no Sul de SC

Atualização: as notícias mais recentes – do final da noite de ontem e desta madrugada de 31/12 – dizem que o rapaz preso era inocente e foi liberado (parece que após ser autuado por posse de pequena quantidade de droga). A mãe continuava em estado de choque e ainda sem condições de prestar depoimento. A família – Kaingang – estava mesmo em Ibituba para vender artesanato. A Funai já está atuando, e vai levar o corpo da criança (Vítor) e seus pais de volta a Chapecó. (Tania Pacheco)

*

Criança estaria ao lado da mãe quando desconhecido atacou. Suspeito do crime, jovem foi preso às margens da BR-101, em Imbituba.

Do G1 SC

Uma criança indígena foi assassinada por volta das 12h desta quarta-feira (30) em Imbituba, na região Sul de Santa Catarina. Segundo a Polícia Militar, o garoto de dois anos estava com a mãe em frente à rodoviária da cidade quando um homem se aproximou e cortou o pescoço do menino com uma faca. Ele morreu na hora.

A Polícia Civil prendeu no início da tarde no bairro Nova Brasília, em Imbituba, um jovem suspeito de ser autor do crime. As buscas começaram logo após o crime e tiveram o auxílio do helicóptero Águia da Polícia Militar.

Segundo apurou a equipe de reportagem da RBS TV, ele caminhava às margens da BR-101 quando foi localizado pelos policiais. À RBS TV, os policiais afirmaram que o jovem  foi identificado pela mãe da criança como o homem que matou o menino.

O suspeito foi levado para a delegacia do município para prestar depoimento. Além dele, a mãe e outras duas testemunhas também foram ouvidas pelos policiais.

Segundo a Polícia Militar, a mulher amamentava a criança no momento do crime. Já um taxista informou que o menino estava consumindo um alimento no momento do ataque.

Destaque: Pertences do garoto permaneciam no local do crime no início da tarde (Foto: Gabriel Felipe/RBS TV).

Comments (1)

  1. pelo amor de Deus ! Quando isso vai ter fim ? E teremos então paz e justiça? Os nativos , chamados erroneamente de índios são são seres humanos e muito mais brasileiros que qualquer um de nós…

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.