Duas mil pessoas voltam a garimpo em Pontes de Lacerda e MPF pede presença da Força Nacional ou Exército

 MPF MT

O Ministério Público Federal reiterou a necessidade do Ministro da Justiça se manifestar a respeito do pedido feito em outubro para a presença da Força Nacional ou Exército para uma nova operação de desocupação e proibição do acesso à área do garimpo ilegal no município de Pontes de Lacerda (MT).

As informações trazidas ao conhecimento do Ministério Público Federal em Cáceres pela Polícia Militar são de que cerca de duas mil pessoas retornaram para o garimpo ilegal uma semana depois da desocupação da área.

Na petição encaminhada na tarde desta quarta-feira (09/12) à Justiça Federal pedindo que o ministro da Justiça seja notificado a se manifestar, o MPF afirma que “situação é de extrema necessidade e urgência da ocupação da área do garimpo por uma força de segurança permanente para assegurar a preservação da ordem pública, de modo a impedir a continuidade da prática de crimes na localidade e o desrespeito indiscriminado ao cumprimento de ordem judicial”.

O pedido do Ministério Público Federal deve ser analisado nos próximos dias pelo juiz federal que atua na Subseção da Justiça Federal em Cáceres. (Processo número 3759-43.2015.401.3601).

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.