agricultura familiar

Encontro discute o protagonismo das mulheres na produção orgânica de alimentos

O evento aconteceu na Comunidade Nossa Senhora dos Navegantes, no Assentamento Santa Rosa, e reuniu cerca de 150 mulheres de 17 assentamentos do município

Por Catiana de Medeiros
Da Página do MST

A Cooperativa de Trabalho em Serviços Técnicos (Coptec) realizou, nesta quarta-feira (25), o 4° Encontro de Mulheres Assentadas Camponesas da Regional de Tupanciretã, no Centro do Rio Grande do Sul.

O evento aconteceu na Comunidade Nossa Senhora dos Navegantes, no Assentamento Santa Rosa, e reuniu cerca de 150 mulheres de 17 assentamentos do município e de um acampamento do MST de Cruz Alta.

De acordo com o coordenador do núcleo operacional da Coptec, Roberto Lima, o intuito do encontro também foi valorizar o trabalho das mulheres camponesas através do incentivo à produção de alimentos orgânicos e contribuir para a superação da opressão de gênero.

Neste sentido, esta quarta edição contou com dois painéis temáticos: um deles sobre a violência contra a mulher, com a participação da dirigente nacional do MST, Sílvia Reis Marques; e outro sobre Reforma Agrária Popular, a produção de alimentos saudáveis e os riscos do uso de agrotóxicos à saúde e ao meio ambiente.

“Foi uma oportunidade de refletirmos sobre os tipos de violência e as formas de denunciar e combatê-las, assim como estimular a produção de alimentos sem venenos e a organização das mulheres para a comercialização dos mesmos, uma vez que elas são protagonistas nesse processo”, explica Juliana de Almeida Costa, da coordenação do evento.

Encerrando o encontro foram realizadas ações para auxiliar na organização dos grupos nos assentamentos de Tupanciretã, entre elas, oficina de avaliação entre as mulheres e do encontro junto à coordenação.

No mesmo dia, paralelo à atividade das mulheres, aconteceu o 2° Encontro Regional das Crianças Assentadas, que contou com cantigas, oficinas e diversas brincadeiras.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.