No norte da Bahia, Sem Terra debatem os desafios da luta pela terra

O encontro teve o objetivo de debater os desafios encontrados pelos trabalhadores no processo de organização e de luta contra o modelo de produção do agronegócio.

Do Coletivo de Comunicação do MST na Bahia, da Página do MST

Mais de 350 Sem Terra realizaram entre os dias 11 e 13 de dezembro o 16º Encontro Regional do MST no Norte da Bahia, em Juazeiro.

O encontro teve o objetivo de debater os desafios encontrados pelos trabalhadores no processo de organização e de luta contra o modelo de produção do agronegócio, a agroecologia foi apontada como ferramenta capaz de instrumentalizar os camponeses e fortalecer o diálogo com a sociedade.

Diante disso e do atual cenário político “que aponta uma ofensiva conservadora e ante democrática”, diz os Sem Terra, Toizinho, militante do MST, afirmou que o caminho para alcançar a Reforma Agrária Popular está na reestruturação e fortalecimento das instâncias.

Para ele, tanto a base quanto a direção possuem a tarefa de reorganizar o modelo de produção dos assentamentos e investir na elaboração de projetos.

“Outro caminho é a formação política e ideológica de todas as instâncias para que juntos possamos buscar e realizar uma política de aliança com a sociedade e movimentos sociais”, destacou Toizinho.

Com mística, animação, gritos de ordem e participação massiva de mulheres, jovens e Sem Terrinhas, o encontro marcou como desafio central a massificação a partir do trabalho de base e a educação do campo como bandeira histórica do Movimento.

De acordo com Elizabeth Rocha, da direção nacional do MST, o ano de 2016 aponta a tarefa de acabar com o analfabetismo nas áreas de Reforma Agrária.

“Através da educação iremos construir uma formação política e ideológica na nossa base e avançar no processo de construção de nossas lutas, tanto no campo quanto na cidade”, diz Rocha.

28º Encontro Estadual

A atividade foi o inicio de um processo de formação e avaliação política do Movimento que culmina com o 28º Encontro Estadual do MST na Bahia que acontecerá de 10 a 13 de janeiro, no Parque de Exposição, em Salvador.

Mais de 1.500 trabalhadores estão sendo esperados neste encontro que pretende fortalecer a organicidade e avançar na leitura política realizada pelos movimentos populares diante do atual cenário.

Imagem: Reprodução da Página do MST.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.