Um 2010 de muita luta e vitórias para [email protected] nós!

DSC04139

Ao longo de 2009 fomos muitos. Fomos [email protected] Anacé, quilombolas de São Francisco do Paraguaçu, mulheres camponesas, ribeirinhos do Xingu, [email protected] das baías de Todos os Santos e da Guanabara. Fomos MST, Via Campesina, MAB. Fomos Jeovah, João do Cumbe, Raquel, Caetanos. Resistimos em Caetité, nas montanhas de Minas Gerais, nas terras indígenas usurpadas do Mato Grosso, nas favelas invadidas e fuziladas por traficantes, policiais e milícias.

Perdemos e ganhamos: [email protected] e combates. Mas não nos deixamos levar pela tristeza; não baixamos a cabeça e não desistimos. Como não desistiremos nos próximos 12 meses e nos outros e outros que depois deles virão. Queremos um Brasil de justiça. Um mundo de justiça. Sem Racismo Ambiental. Sem qualquer tipo de racismo! E queremos também acabar com essa realidade em que “alguns são obrigados a vomitar para comer mais, enquanto outros não têm o que comer”.

Essa é a nossa utopia. Essa é a razão de ser do nosso combate, e isso é o que dá sentido a este espaço, a este blog. Temos consciência de como ele é pequeno, ainda tentando nascer, assim como sabemos que não será o GT de Combate ao Racismo Ambiental que poderá mudar sequer o Brasil, quanto mais o mundo. Mas, por menor que seja a nossa contribuição, estamos [email protected], fortes e presentes na luta!

Comments (3)

  1. Agradecemos a vocês, Álvaro e Lidia, pela solidariedade e pela força. E contribuam sempre que quiserem, por favor, pois é isso o que dará sentido a este Blog.

  2. Por la lucha solidaria de los pueblos, por nuestro derecho a existir, por el medio ambiente, por la justicia y mucho más que el 2010 nos encuentre unidos a todos los latinamericanos.
    Gracias compañeros/as
    la lucha de ustedes es la nuestra. Desde un rincón de Uppsala/Suecia les saludo.

  3. “Somos remos, somos velas
    estamos no mesmo barco
    não há nada o que temer”

    A [email protected] combatentes e secos de tanta sede de justiça humana e ecológica, que não abrem mão da caminhada, um 2010 de força e luz nos mostrando o quanto somos mesmo um, com toda a diversidade.

    Álvaro

Deixe um comentário

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.