MG – Movimento Geraizeiro Guardião de Cerrado ocupa a fazenda Cancela, do ex-governador Newton Cardoso

Na madrugada deste sábado 12/12/2015, por volta das 02:30 da manhã, o Movimento Geraizeiro Guardião de Cerrado, com cerca de 300 famílias geraizeiras, ocupou a fazenda Cancela, no município de Grão Mogol, que pertence à empresa Rio Rancho Agropecuária S/A, do ex Governador de Minas Gerais Newton Cardoso. Essa fazenda tem um histórico de grilagem de terras devolutas e possui uma escritura falsa de 6.452 hectares, que foi arrendada nos anos 1970 pelo estado de Minas Gerais para plantio de eucalipto e pinos através da Rural Minas e a Florestas Rio Doce S/A, e nela abriga um galpão com laboratório e amostra de minérios pertencente a Mineradora Sul Americana de Metais (SAM).

Essas empresas  vêm fraudando documentações, como prática de  crimes contra o patrimônio do estado, e ainda violam os direitos humanos; não reconhece as comunidades tradicionais da região onde elas atuam, como os geraizeiros. Esses Geraizeiros e Quilombolas não aceita mais essas empresas grileiras de terras dentro do seu território, ainda requerem que os governos demarquem seu território da qual tem direito.

Essa nota vai a todos os companheiro que lutam pela causa das comunidades e povos tradicionais do Brasil e do estado de Minas Gerais que vêm sendo massacradas com o avanço de grandes projetos de monocultura, mineração e grandes barragens. Queremos que o Ministério Público de Minas Gerais e o MPF apurem os crimes cometidos por essas empresas!

Movimento Geraizeiro

Enviada para Combate Racismo Ambiental por Carlinhos Dayrell.

 

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.