Começou na tarde de hoje o Seminário Nacional de Ordenamento da Pesca Artesanal, em Brasília

Campanha Nacional pela Regularização do Território Pesqueiro

Pescadoras/es, governo, ONG’s e pesquisadores/as estão reunidos no Centro de Convenções Israel Pinheiro para debaterem um sistema de ordenamento que garanta o envolvimento das comunidades pesqueiras em sua construção.

O primeiro dia levantou as diretrizes da Organização das Nações para Agricultura e Alimentação (FAO) sobre a pesca de pequena escala e artesanal. A FAO considera a pesca artesanal como essencial para combater a fome no mundo e orienta que os países garantam a participação dos pescadores e das pescadoras na formação de políticas para o setor.

No entanto, “o governo não vem considerando os conhecimentos das comunidades pesqueiras. Não há estímulo por parte do governo para a pesca artesanal!”,denuncia Maria José Pacheco, do Conselho Pastoral dos Pescadores, em fala para a plenária.

O Seminário acontece até a sexta-feira, 25.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.