Humanidade abaixo da crítica, lá como cá. Afinal…

Tania Pacheco – Combate Racismo Ambiental

A foto (primeira página de O Globo de ontem, domingo) informa que se trata de um sírio tentando salvar um bebê nas costas da Grécia após naufrágio do barco no qual viajavam. Diz que “não se sabe se o menino da foto está entre os mortos”. E acrescenta: “A crise migratória na Europa levou a Alemanha a retomar o controle de suas fronteiras”.

Onde se lê Grécia, leia-se aquele país do Syriza, no qual a população corajosamente disse “não” ao ajuste da Troica. Onde se lê Alemanha, leia-se aquele país da Merkel, que castigou cruelmente a ‘ousadia’ da população grega, levando Tsipras a se submeter à sua arrogância. Onde se lê mortos, leiam-se 34 pessoas, sendo 11 crianças e quatro bebês.

Qual o problema? Afinal eram só refugiados subdesenvolvidos, que provavelmente iriam ‘roubar postos de trabalho’ de gloriosos europeus. Fechem-se as fronteiras, claro. Que morram no mar!

Nossos ‘refugiados’ não precisam cruzar o mar. Na verdade, o movimento é bem outro: encurralá-los nas beiras das estradas, em reservas mínimas, em favelas insalubres nas periferias das cidades. Afinal, são só ‘índios’!

Foto: Alkis Konstantinidis, Reuters.

Comments (1)

  1. SEMPRE AS CRIANÇAS… E, CADÊ OS VELHOS?‼

    “Se, no lugar de seguir os EUA, em sua política imperial em países agora devastados, como a Líbia e a Síria, ou sob disfarçadas ditaduras, como o Egito, a Europa tivesse aplicado o que gastou em armas no Norte da África e em lugares como o Afeganistão, investindo em fábricas nesses mesmos países ou em linhas de crédito que pudessem gerar empregos para os africanos antes que eles precisassem se lançar, desesperadamente, à travessia do Mediterrâneo, apostando na paz e não na guerra, o velho continente não estaria enfrentando os problemas que enfrenta agora, o mar que o banha ao sul não estaria coalhado de cadáveres, e não existiria o Estado Islâmico.” – Frei Leonardo Boff https://leonardoboff.wordpress.com/
    https://leonardoboff.wordpress.com/2015/09/04/o-pato-e-a-galinha-refugiados-vitimas-das-politicas-imperialistas-do-ocidente/#comment-38927

    Quanta gente tão imbecil, tão idiota há que nem com o trágico acontecendo a sua frente, aprende‼

    Flávio Gikovate
    A maldade humana, ou seja, o ato de maltratar física ou mentalmente alguém, é algo possível de ser exercido por aqueles que não sentem culpa.

    Nos adultos, a maldade desmedida costuma partir daqueles que, extremamente egoístas e descontrolados, se irritam com alguma conduta do outro.

    Por vezes, nos que são desprovidos de medo, a maldade também ocorre quando alguém perturba seu “negócio”: é o que se dá entre traficantes!

    A maldade cotidiana, a que pode acontecer com mais facilidade e frequência, tem …

    A maldade humana, ou seja, o ato de maltratar física ou mentalmente alguém, é algo possível de ser exercido por aqueles que não sentem culpa.

    Nos adultos, a maldade desmedida costuma partir daqueles que, extremamente egoístas e descontrolados, se irritam com alguma conduta do outro.

    Por vezes, nos que são desprovidos de medo, a maldade também ocorre quando alguém perturba seu “negócio”: é o que se dá entre traficantes!

    A maldade cotidiana, a que pode acontecer com mais facilidade e frequência, tem a ver com descontrole agressivo; ex: a violência no trânsito.

    Alguns se tornam agressivos e maldosos quando ingerem álcool: parece que liberam rancores e ressentimentos que não extravasam no dia a dia.

    Muitas vezes a maldade sutil tem a ver com a inveja: a pessoa se sente agredida com a superioridade daquele a quem admira e reage denegrindo.

    A maldade gratuita quase sempre tem a ver com a inveja: uma pessoa é objeto de ações destrutivas vindas dos que gostariam de ser como ela.

    A chantagem sentimental, uma pressão maldosa exercida sobre alguém mais delicado, é uma violência sutil que visa atingir objetivos práticos!

    Na chantagem sentimental, a maldade consiste em estimular a culpa em alguém para obrigá-lo a agir de acordo com os interesses do chantagista.

    SERÁ A BANALIZAÇÃO DAS BARBÁRIES, O ÚLTIMO ESTÁGIO?

    Quando perdemos a capacidade de nos indignarmos com as atrocidades praticadas contra outros, perdemos também o direito de nos considerarmos seres humanos civilizados – Vladimir Herzog

    [In]feliz[mente] O ser humano não consegue SER HUMANO em nada!! E, mesmo assim, ainda se diz ser cristão, mas, também não consegue SER CRISTÃO porque nada faz de Cristo para SER JESUS CRISTO‼ Mesmo nesses momentos…‼ E, ficar triste! Dignar-se! Indignar-se e’ tão só uma indignação!! Um dignar-se!! Uma tristeza! Passou o impacto do choque, esquece… e a vidinha [des]HUMANA continua‼ E o [in]feliz[mente]!

    O QUE E’ MESMO HUMANIDADE?!!
    SE “SER HUMANO” E’ ISSO!! ME DESUMANIZO!!
    SOU UM DESUMANIZADO!!
    ME ANIMALIZO‼ ANIMALIZEI-ME‼

    Quanto à criança, quantas crianças já e quantas crianças… quantas famílias ainda… E a origem de tudo isso, a Causa inicial de todos os problemas no Oriente Médio e Europa estar nos EUA. Cadê o jornalismo internacional e, no nosso caso, o brasileiro para demonstrar isso?!! Para esclarecer o que e’ a política internacional dos USA?! As consequências da política dos americanos do norte para o mundo?! Não mostram porque são censurados!!

    E, por que que tudo que é ruim tem-se como responsável os EUA? Eles são o mal e o mau que as pessoas veem como o bem e o paraíso terreno. E olhe que eles inventaram a bomba atômica, as guerras globais por dinheiro por meio da produção do armamento bélico; a manipulação mundial; o inferno dos frigoríficos e MC Donald para os animais e “humanos”; a escravidão dos países mais pobres em seu proveito.., e por aí vai; por que tudo isso? Porque se trata da matriz/mãe do capitalismo [sistema liberal de produção] que tem como objetivo/foco ser único sistema… no mundo‼ Não ter nenhum tipo de sociedade alternativa ao sistema capitalismo‼ Não importa os meios a serem usado para atingir o seu objetivo. Por isso serem o âmago do mal e do mau‼

    Os EUA querem toda a região despovoada para tomar posse do que ainda tem de riqueza que lhes interessa.

    Os Estados Unidos estariam a financiar o tráfico de emigrantes desde a Líbia para a União Europeia, afirma o Info Direkt, que cita uma nota do Österreichischen Abwehramts (o serviço de inteligência militar da Austria) [1].
    A Info Direkt é uma publicação nacionalista austríaca notoriamente ligada ás forças armadas.
    Thierry Meyssan assinalava, há já 4 meses, que a vaga de emigrantes que procuram alcançar a Europa, não é uma consequência acidental dos conflitos que sacodem o Médio-Oriente Alargado e a África, mas sim «um objectivo estratégico dos Estados Unidos» [2].
    Tradução
    Alva
    ________________________________________
    [1] “Insider: Die USA bezahlen die Schlepper nach Europa!”, Info Direkt, 5 de agosto de 2015.
    [2] “A cegueira da União Europeia face à estratégia militar dos Estados Unidos”, Thierry Meyssan, Tradução Alva, Rede Voltaire, 27 de Abril de 2015.

    Meus olhos sangram pelas criancas e pelos velhos a cada vez que os vejo que são invisiveis aos olhos do capitalista imperialista dominador.
    Meu olhar sangra…
    Meu olhar sangra a cada vez que vejo mais crianças perdendo suas vidas por conta destas travessias a que se submetem os refugiados. Me dói, me dilacera. São cenas que marcam, comovem. Que estas pessoas sejam tratadas com mais dignidade e respeito. Elas não são um amontoado de lixo. São Humanas, passando pelas piores provações. Só querem recomeçar e ter um pouco de paz para viver. Porque de guerra o coração não aguenta mais.
    Que Deus as ilumine. Ilumine suas vidas, e que consigam chegar a algum destino que as façam enfim, descansar. E que estas crianças sejam recebidas por anjos. Porque também já ganharam asas.
    São anjos de luz que partiram cumprindo sua pequena missão.
    Amém!
    Sil Guidorizzi

    SEMPRE AS CRIANÇAS… E, CADÊ OS VELHOS?‼
    NINGUÉM OS VÊ OU NÃO MAIS EXISTEM?‼

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.