Pesquisa inédita revela impactos da mineração em 22 estados brasileiros

CNPq

O livro “Recursos Minerais e Comunidade: impactos humanos, socioambientais e econômicos”, editado pelo Centro de Tecnologia Mineral (CETEM/MCTi), fruto de três anos de pesquisas, relata o estudo de caso de 105 territórios que sofreram os impactos da atividade mineradora, em 22 estados brasileiros.

O objetivo do livro, que catalogou 1500 documentos, além de mostrar o retrato da realidade da ação do setor mineral, é sensibilizar a população, órgãos públicos e empresariado para a necessidade de adoção de práticas de sustentabilidade. Os principais efeitos ambientais constatados pela pesquisa foram: alteração do meio físico, desmatamentos e erosão, contaminação dos corpos hídricos, aumento da dispersão dos metais pesados, mudança na paisagem do solo e comprometimento da flora e fauna.

Quanto aos impactos socioeconômicos, que afetam diretamente a qualidade de vida das populações nas áreas mineradas, as doenças destacam-se como os mais significativos, com 60 casos relatados, o equivalente a mais da metade dos estudos realizados.

O evento de lançamento será hoje, 14 de novembro de 2014, das 9 às 17 horas, na sede do CETEM – Av. Pedro Calmon, 900 – Cidade Universitária, Rio de Janeiro.

O estudo estará disponível no Banco de Dados do projeto, no site do CETEM, para livre consulta, a partir de hoje, 14 de novembro.

Os interessados em participar do evento devem confirmar presença pelo e-mail pnucci@cetem.gov.br.

Enviada para Combate Racismo Ambiental por Priscylla Joca.

Deixe um comentário

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.