Fotografia: Marcello Casal Jr.

Sobradinho de volta ao Sertão: Reservatório chega ao mais baixo nível em quase 40 anos

O São Francisco, lá pra cima da Bahia
Diz que dia menos dia vai subir bem devagar
E passo a passo vai cumprindo a profecia
Do beato que dizia que o sertão ia alagar

(Trecho da música Sobradinho, de Sá e Guarabyra)

Por Edwirges Nogueira, enviada especial da Agência Brasil

Casa Nova e Remanso, Bahia – Sob a luz forte do sol quente do semiárido, Sobradinho, o maior reservatório construído ao longo do Rio São Francisco, exibe toda a sua grandiosidade. De um lado da parede da barragem, o Velho Chico com suas curvas naturais. Do outro, a água retida pela obra do homem se espalha para além do que a vista pode alcançar. (mais…)

Ler Mais

altair sales barbosa

Altair Sales Barbosa: “O São Francisco já não é mais um rio. E a transposição vai decretar seu fim definitivo”

Professor especialista em Cerrado denuncia que disputa por água no Oeste da Bahia entre população local e multinacionais do agronegócio pode gerar situação de guerra civil 

Por Jornal Opção

Não é de hoje que o professor Altair Sales Barbosa tem sido a mais persistente voz em defesa do Cerrado. É reconhecido como uma das maiores autoridades científicas no estudo do bioma e, em sua última entrevista ao Jornal Opção, alertou sobre a irreversibilidade de sua destruição e as graves consequências que isso já está gerando. Uma delas é a aguda redução dos mananciais e reservatórios de água.

Ou seja: o desmatamento do Cerrado e sua “troca” por áreas de cultivo de monoculturas e pastagens são fatores que podem até momentaneamente favorecer a economia e aumentar o PIB nacional e o de Estados como Goiás, mas é como matar a galinha dos ovos de ouro. (mais…)

Ler Mais

Foto: João Roberto Ripper

O silêncio ruralista diante da crise da água

Confira artigo de Roberto Malvezzi, o Gogó, sobre a crise hídrica e o silêncio dos ruralistas e do setor patronal diante do progressivo acirramento dela com o modelo produtivo instalado pelo agronegócio brasileiro. Veja o artigo na íntegra:

Roberto Malvezzi* – CPT

Chama a atenção o silêncio tumular dos ruralistas diante da crise da água brasileira. Ela  está vinculada ao desmatamento, a erosão da biodiversidade e a compactação dos solos. O ciclo das águas é uma teia de relações complexas que permite sua fluência e a existência da vida. (mais…)

Ler Mais

porto

Sonhos e pesadelos nos portos amazônicos

Fabiana Frayssinet – IPS / Amazonia

Na cidade de Santarém, no norte do Brasil, confluem complexos portuários considerados estratégicos pelo governo. Mas, o que para alguns é uma oportunidade de desenvolvimento, para outros é a transformação irremediável dessa preservada região da bacia amazônica.

Durante o entardecer em frente ao rio Tapajós, onde suas águas azuladas se encontram, em Santarém, com as escuras e barrentas do Amazonas, não é fácil ignorar os silos que marcam o que antes era uma praia pública com típicas embarcações de passageiros e barcos de pescadores dessa região do Estado do Pará. (mais…)

Ler Mais

CONGRESO PUEBLOS FUMIGADOS

Novos transgênicos argentinos reproduzem modelo destrutivo do agronegócio

Paulo Emanuel Lopes – Adital

A aprovação de novas sementes transgênicas, desta vez produzidas por centros de pesquisa argentinos, com apoio de conglomerados internacionais do setor do agronegócio, está gerando repúdio dos movimentos sociais organizados. São elas: uma soja resistente às secas e uma espécie de batata resistente ao vírus PVY (Potato vírus “y”). Há ainda estudos para liberação de uma cana-de-açúcar resistente ao glifosato. O aparente avanço tecnológico esconde um modelo que destrói o meio ambiente e pode estar provocando o envenenamento da população, advertem os ambientalistas. (mais…)

Ler Mais

mcavalos

Após Dilma anunciar homologações ruralistas disparam ameaças

O Indigenista

Dilma Rousseff anunciou que assinará Decretos de Homologação de Terras Indígenas esta semana. Isto ocorreu no pronunciamento da Presidenta na Conferência Nacional de Política Indigenista em Brasília dia 15/12. O Grupo RBS/Globo imediatamente publicou matéria reforçando a CPI da Funai e Incra e acusando o órgão indigenista teria trazido indígenas do Paraguai para Morro dos Cavalos, SC, buscando arrecadar R$ 11 milhões em compensações do DNIT.

A mentira da imprensa catarinense é tão deslavada, que não consegue colar nem sendo repetida dezenas de vezes, como é o caso da série de reportagens maliciosas “Terra Contestada“. (mais…)

Ler Mais

via campesina nairobi

Conferencia ministerial de la OMC en Kenia: La Vía Campesina reitera su defensa de la desaparición de la OMC

La Vía Campesina

A partir de ayer 14 de diciembre, una gran delegación de agricultores del movimiento campesino internacional La Via Campesina participará en diferentes acciones de lucha contra la Organización Mundial del Comercio (OMC) en Nairobi, Kenia. Esta delegación, que incluye miembros de Asia (Indonesia, India, Corea del Sur, Japón), África (Zimbabue, Sudáfrica, Kenia, Mozambique, etc), Europa y América, se unirá a otros cientos de participantes de otras organizaciones de la sociedad civil y movimientos de todo el planeta para oponerse a la 10ª Conferencia Ministerial de la OMC. En Nairobi, La Via Campesina colaborará durante los eventos con la Marcha Mundial de Mujeres Kenia, el Center for Constitution Implementation y Bunge la Mwananchi. (mais…)

Ler Mais

Governantes do Brasil estão doentes e precisam fazer tratamento com pajelança, diz Tukupe Waura

A exibição do filme Para onde foram as andorinhas nesta sexta-feira, na Zona de Ação pelo Clima, no Centro 104, em Paris, contou com a participação de mais de 60 pessoas que ao final fizeram muitas perguntas aos indígenas do Xingu. O cacique kayapó Raoni Metuktire chegou de surpresa para prestigiar o evento

Instituto Socioambiental – ISA / IHU On-Line

Na tarde da última sexta-feira (11), aconteceu o último evento organizado pelo ISA em Paris durante as negociações para um novo acordo climático global. Com mais de 60 pessoas para a projeção do filme Para onde foram as andorinhas?, feito em parceria com o Instituto Catitu, o evento foi na Zona de Ação para o Clima (ZAC), espaço da Coalizão Climática 21, da sociedade civil. (mais…)

Ler Mais

conferencia indigena

Primeira Conferência Nacional de Política Indigenista (CNPI) começou ontem

CIMI

Iniciou, ontem (14), a 1ª Conferência Nacional de Política Indigenista (CNPI), que tem como tema a relação do Estado brasileiro com os povos indígenas a partir dos princípios estabelecidos pela Constituição de 1988.

Cerca de 2,2 mil pessoas, entre indígenas, representantes governamentais, representantes de organizações indigenistas ou ligadas à causa indígena, convidados e observadores deverão estar, até sexta-feira (17), participando dos debates e discussões que definirão diretrizes para a consolidação da política indigenista do Estado brasileiro. (mais…)

Ler Mais

Reprodução da Página do MST

No norte da Bahia, Sem Terra debatem os desafios da luta pela terra

O encontro teve o objetivo de debater os desafios encontrados pelos trabalhadores no processo de organização e de luta contra o modelo de produção do agronegócio.

Do Coletivo de Comunicação do MST na Bahia, da Página do MST

Mais de 350 Sem Terra realizaram entre os dias 11 e 13 de dezembro o 16º Encontro Regional do MST no Norte da Bahia, em Juazeiro.

O encontro teve o objetivo de debater os desafios encontrados pelos trabalhadores no processo de organização e de luta contra o modelo de produção do agronegócio, a agroecologia foi apontada como ferramenta capaz de instrumentalizar os camponeses e fortalecer o diálogo com a sociedade. (mais…)

Ler Mais