Antônio Isídio Pereira da Silva. Foto de Diogo Cabral / SMDH

Morte de liderança rural no Maranhão revela falha sistêmica do Estado brasileiro, afirma a Anistia Internacional

Anistia

Antônio Isídio Pereira da Silva, liderança rural da comunidade de Vergel, no Maranhão, foi encontrado morto no dia 24 de dezembro. Ele estava desaparecido desde o dia 20 deste mês.

Um dia antes de seu desaparecimento, Antônio Isídio havia dito que iria denunciar o forte desmatamento na área. Vergel, a 50Km da cidade de Codó, no interior do Maranhão, é uma comunidade de pequenos agricultores e produtores rurais que enfrentam a pressão constante de “grileiros” e madeireiros que querem expulsá-los de suas terras. Antônio Isídio era uma das lideranças comunitárias que vinham denunciando a ação de madeireiros e grileiros nos últimos anos na região, sofrendo ameaças de morte e intimidações por conta disso. (mais…)

Ler Mais

Manifesto dos Geraizeiros contra a invasão da Fazenda Estrondo nas comunidades Cachoeira, Marinheiro, Cacimbinha, Gatos e Aldeia

RESPEITO ÀS COMUNIDADES GERAIZEIRAS DE FORMOSA DO RIO PRETO!

O povo geraizeiro de Formosa do Rio Preto vive um drama permanente: o “Condomínio Estrondo” continua desrespeitando a área tradicional das Comunidades “Cachoeira”, “Marinheiro”, “Cacimbinha”, “Gatos” e “Aldeia”.

De dois anos para cá, a fazenda “Estrondo” vem construindo cercas reforçadas que invadem cada vez mais os fundos de pasto centenariamente usados pelas comunidades geraizeiras, e por famílias posseiras da comunidade do “Arroz” que necessitam “refrigerar” o seu gado nas veredas do Rio Preto durante o verão. (mais…)

Ler Mais

Homem caminha sobre restos de galhos e árvores no Rio Doce, no município de Rio Doce, quatro dias após o rompimento de duas barragens em Minas Gerais - Daniel Marenco / Agência O Globo / 9-11-2015

Laudo aponta que Rio Doce estará sujeito a danos ‘imprevisíveis’ ao longo dos anos

Abastecimento de 12 cidades vai depender de novos mananciais, diz documento da ANA

Por Vinicius Sassine, em O Globo

BRASÍLIA — As águas do Rio Doce, depois do maior desastre ambiental da História do país, estarão sujeitas a novos picos de turbidez (água turva), quedas de oxigênio, aumentos na concentração de metais e prejuízos para os dependentes da bacia por períodos “indeterminados e imprevisíveis”. Por essa razão, o abastecimento de água em 12 cidades de Minas Gerais e Espírito Santo que precisam do rio dependerá de “novos mananciais, implantação de poços profundos e sistemas de adução”. Essas 12 cidades concentram mais de 550 mil moradores. (mais…)

Ler Mais

O morador de rua amarrou a estátua para que o cajado e a mão da entidade não caíssem no chão

Grupo de vândalos destrói estátua de Orixá na Prainha do Lago Paranoá

Um morador de rua impediu que o estrago fosse maior. Mão de representação de Oxalá foi cerrada e dois homens e uma mulher tentaram arrancar o cajado da figura

Por  Luiz Calcagno, no Correio Braziliense

Representantes de religiões de matrizes africanas do Distrito Federal denunciaram mais um ataque de intolerância contra símbolos sagrados. Um grupo de três pessoas tentou arrancar o cajado da estátua de Oxalá na Praça dos Orixás, na Prainha do Lago Paranoá. O ato de vandalismo aconteceu dias antes de uma das mais importantes comemorações dos praticantes. Um morador de rua impediu que a peça fosse completamente destruída. (mais…)

Ler Mais

Vista aérea de Modi'in Illit. Com cerca de 60 mil habitantes, a cidade é a maior colônia israelense no território ocupado da Cisjordânia. Fonte: Wikimedia. Autor: Dvirraz

Netanyahu não pressionou Brasil o suficiente para que eu virasse embaixador, diz Dani Dayan

Até o momento, Brasil não disse se aceita ou não a indicação de Netanyahu, em movimento visto por Israel como de recusa de Brasília ao nome de Dayan

Por Opera Mundi

Dani Dayan, o indicado por Israel para ocupar a cadeira de embaixador do país em Brasília, criticou o premiê Benjamin Netanyahu, em entrevista na noite de sábado (26/12) ao jornal Haaretz, por não ter conseguido, até o momento, assumir o posto no Brasil. (mais…)

Ler Mais

Perú – Problema social silencioso: Suicidios de jóvenes indígenas en Loreto

Por Sonia Condori Sánchez, em Servindi

29 de diciembre, 2015.- La madrugada del 28 de enero del 2015, Rita Catashunga, alertada por sus vecinos de la ciudad amazónica de Nauta, corrió del puerto hacia su casa. Ahí encontró a la policía, la fiscalía y un cuadro estremecedor al ver muerta a su hija de 15 años. “Dorita” se había suicidado.

Este  caso se suma a otros reportes de suicidios de adolescentes en Nauta e Iquitos. Nauta está a 100 kilómetros de Iquitos, en la región de Loreto, al noreste del Perú. (mais…)

Ler Mais

cunha

Quem terá sido o grande idiota do ano?

“Não se aproxime de uma cabra pela frente, de um cavalo por trás ou de um idiota por qualquer dos lados”. (Provérbio Judeu)

Por Leonardo Isaac Yarochewsky, em Justificando

Segundo o clássico dicionário Aurélio, idiota é o homem sem educação, ignorante, pouco inteligente, estúpido, imbecil, pretensioso, afetado, amalucado, etc.

Quem terá sido o grande idiota do ano? Não, não foi um só, foram vários idiotas que marcaram o ano de 2015. Em todas as áreas tivemos idiotas que se destacaram pelas suas patetices, pelas suas estupidezes. (mais…)

Ler Mais

escravo maos trabalho

País sabe que escraviza, mas não a gravidade do problema, diz pesquisa. Por Leonardo Sakamoto

No Blog do Sakamoto

Apesar de a sociedade brasileira ter consciência de que trabalho escravo ainda existe no país, uma parcela considerável das pessoas não sabe quais são suas características. E, pior, considera formas mais leves de exploração do trabalho como escravidão – o que dificulta o combate a esse crime.

Essa é uma das descobertas de uma pesquisa inédita realizada pela área de Public Affairs da Ipsos, um dos maiores e mais importantes institutos de pesquisa do mundo, para a Repórter Brasil com o objetivo de entender como a população brasileira vê a questão da escravidão contemporânea. (mais…)

Ler Mais

maos atirando defendendo

SP – Após ação da Defensoria Pública, STF determina pagamento de danos materiais e morais a mulher atingida por policial

Por DPESP

Após recurso interposto pela Defensoria Pública de SP, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu o direito à indenização por danos materiais e morais a uma mulher atingida pelos disparos de uma arma de fogo de um policial que estava “de folga”. Segundo consta na ação, a mulher estava sentada na calçada em frente sua casa, conversando com seu marido, quando foi atingida pelo disparo de uma arma de fogo. Os ferimentos lhe causaram incapacidade para o trabalho, além de danos estéticos.

Para o Defensor Público Wagner Giron de la Torre, responsável pelo caso, não importa o fato de o policial estar ou não em horário de trabalho. “O que caracteriza o agressor como agente público protagonista das ações lesivas não é o fato de ‘estar ou não de folga’, mas sim a essência de seus atos, o contexto factual em que promovida a sua atuação”. (mais…)

Ler Mais

Fotografia: Marcello Casal Jr.

Sobradinho de volta ao Sertão: Reservatório chega ao mais baixo nível em quase 40 anos

O São Francisco, lá pra cima da Bahia
Diz que dia menos dia vai subir bem devagar
E passo a passo vai cumprindo a profecia
Do beato que dizia que o sertão ia alagar

(Trecho da música Sobradinho, de Sá e Guarabyra)

Por Edwirges Nogueira, enviada especial da Agência Brasil

Casa Nova e Remanso, Bahia – Sob a luz forte do sol quente do semiárido, Sobradinho, o maior reservatório construído ao longo do Rio São Francisco, exibe toda a sua grandiosidade. De um lado da parede da barragem, o Velho Chico com suas curvas naturais. Do outro, a água retida pela obra do homem se espalha para além do que a vista pode alcançar. (mais…)

Ler Mais